sábado, 25 de abril de 2015

Ver. Arlete Mauriceia solicita ao Executivo de Ipu, piçarramento da estrada de São Bento a Manuíno.

A vereadora aguerrida, Arlete Mauriceia (Pros) em uso de seu discurso na Tribuna do Legislativo, nesta quinta-feira, 23 de abril de 2015, destacou e referendou o feriado histórico, "Dia do Tiradentes", para edil, (..) "Tiradentes foi um grande ativista política, um representante dos pilares da democracia brasileira, Tiradentes deixou nos anais históricos brasileiro, deixou marca, um grande legado de um homem determinado, a conduta de um homem aguerrido, autor de um projeto político social galgados nos entes, e no triple de liberdade, igualdade e na fraternidade, indiscutivelmente, um exemplo a ser seguido, portanto são merecidas as homenagens a "Tiradentes".
Em foco, referendou a programação do dia alusivo da Semana da Educação, 28 de abril, para Arlete Mauriceia, a educação é a base primordial para o desenvolvimento econômico do município de Ipu.
Projeto nº 08/2015
Esse Projeto de Indicação solicita ao prefeito Sérgio Rufino o piçarramento da estrada que liga a localidade de São bento à localidade de Manuíno.
Em sua justificativa, o piçarramento da estrada em alusão, além de atender a um sonho antigo dos moradores das localidades de São Bento e Manuíno, contribuíra na segurança dos condutores de veículos e de passageiros, bem ainda no desenvolvimento econômico do município de Ipu, porquanto é uma via usada diariamente no transporte de passageiros e da produção agropecuária das mencionadas comunidades.
Segue agora ao áudio e ao vídeo do pronunciamento da vereadora Arlete Mauriceia publicado semanalmente em sua Coluna da Tribuna do Portal de Notícias Aconteceu Ipu, uma produção de Afrânio Soares.


sábado, 18 de abril de 2015

Ver. Arlete Mauriceia apresenta Projeto Indicação solicitando ao executivo um mecanismo de blindagem nos recursos da IPUPREV

A vereadora Arlete Mauriceia (Pros) apresentou na sessão da última quinta-feira (16/04), um projeto de indicação que “Solicita a intercessão do prefeito de Ipu, junto a Autarquia Municipal IPUPREV, visando à modificação da lei municipal Nº 248/2009, a fim de criar mecanismos que impeçam aos administradores do município de Ipu a usar os recursos da IPUPREV, para quaisquer fins, ou renegociar dívidas com a referida Autarquia Sem a Anuência da Câmara Municipal”.
Ao iniciar o seu discurso, a edil agradeceu ao prefeito Sérgio Rufino por ter atendido seus dois projeto de indicações e tê-lo enviado os referidos Projetos de Lei na aprovação da adequação dos salários dos servidores públicos municipais de Ipu, ao novo salário mínimo nacional, que será pago com data retroativa de 01 de janeiro, e o segundo foi a adequação da remuneração do magistério público do município de Ipu ao novo Piso Nacional Salarial dos Professores para o ano de 2015, isso conforme determinou o Ministério da Educação ao novo valor do referido piso salarial a ser de R$ 1.917,78 como remuneração mínima do professor da educação básica com jornada de 40 horas semanais retroativo a 1º de janeiro deste ano.
Em sua página do Facebook a aguerida edil disse afirmou que: (..)"Inicialmente, pensei em apresentar Projeto de Indicação objetivando a extinção da IPUPREV e o retorno dos servidores ao RGPS. Porém, existem dívidas milionárias deixadas pela administração anterior, que já foram renegociadas pela atual administração, fato que inviabiliza essa possibilidade no momento. Assim, vamos buscar à blindagem dos recursos existentes na IPUPREV e aguardar, após o pagamento das dívidas, que os servidores consigam retornar ao RGPS.".
Os recursos do IPUPREV tem por finalidade garantir aos servidores públicos municipais os benefícios da aposentadoria por invalidez, aposentadoria compulsória, aposentadoria por idade e tempo de contribuição, auxílio-doença, salário maternidade, salário-família, e os seus dependentes pensão por morte e auxílio reclusão.
* Imagem e áudio (Ipu Notícias) - Matéria adaptada para a Coluna da Tribuna com a Vereadora Arlete Mauriceia.

sexta-feira, 10 de abril de 2015

Vereadora Arlete Mauriceia tem 03 Projetos de Indicações aprovados pelo Legislativo de Ipu.

A vereadora Arlete Mauriceia teve na noite desta quinta-feira, 09 de abril de 2015,  aprovação por unanimidade de 03 (três) Projetos de Indicações de sua autoria.
O primeiro, Projeto de Lei Legislativo nº 05/2015 em sua súmula, "Dá-se o nome de Francisco de Sousa Farias a rua inominada situada entre as ruas Félix Martins e Francisco Elmiro Martins, no bairro dos Canudos. Com essa aprovação, o Poder Executivo deverá providenciar a colocação de placas indicativas, ainda, a respectivas comunicações à Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos, à Companhia Energética do Ceará - Coelce, ao Serviço Autônomo de Água e Esgoto - SAAE e às Empresas de Telefonia Móvel e Fixa.
O Projeto de Lei aprovado, tem como justificativa, homenagear, em memória, o saudoso cidadão Francisco de Sousa Farias. Trata-se de justa e merecida homenagem, diante de seus préstimos ao município de Ipu, bem ainda aos seus familiares, os quais seguem trabalhando e contribuindo para o progresso e o desenvolvimento desta cidade. O homenageado representa um modelo a ser seguido pelos ipuenses, quer como filho, quer como chefe de família, quer como cidadão honrado e trabalhador que foi, cumpridor fiel de seus deveres para com seus semelhantes e a nossa comunidade, merecedor indiscutível desta honrosa homenagem. Pelo relato de sua biografia (anexada abaixo desta matéria). Presente no plenário, Sr. Farias Filho e sua esposa, Eveline representando a família do grande homenageado.
O segundo Projeto de Indicação (nº 01/2015) da edil aprovado foi adequação dos salários dos servidores públicos municipais de Ipu, ao novo salário mínimo nacional, que será pago com data retroativa de 01 de janeiro. Segundo a justificativa da vereadora Arlete, o Projeto de Lei aprovado hoje, repõe as perdas salarias dos servidores públicos municipais, propiciando-lhes condições para a realização das necessidades básicas, tais como, alimentação, moradia, educação, saúde, lazer, vestuário etc.
O terceiro e último Projeto de Indicação aprovado foi a adequação da remuneração do magistério público do município de Ipu ao novo Piso Nacional Salarial dos Professores para o ano de 2015, isso conforme determinou o Ministério da Educação ao novo valor do referido piso salarial a ser de R$ 1.917,78 como remuneração mínima do professor da educação básica com jornada de 40 horas semanais retroativo a 1º de janeiro deste ano.
Acompanhe agora nas imagens do nosso redator do Portal de Notícias Aconteceu Ipu, Afrânio Soares, que marcaram os bastidores do discurso da edil, Arlete Mauriceia.


sexta-feira, 3 de abril de 2015

Projeto Indicação da ver. Arlete Mauriceia no aproveitamento da água do Riacho Ipuçaba foi bem aceito pelos ipuenses.

O Projeto de Indicação Nº 06/2015 da edil Arlete Mauriceia que solicita  a intercessão do Sr. prefeito Sérgio Rufino junto a Autarquia Municipal do SAAE que venham a desenvolver um Projeto voltado a aproveitar a água do Riacho Ipuçaba na complementação do abastecimento da cidade de Ipu, foi bem aceito pelos munícipes de Ipu, durante toda a semana, o que se viu foi comentários positivos nas "rodas políticas", sobre a necessidade urgente de aproveitar os momentos importantes em que o Riacho Ipuçaba está banhando o município trazendo alento e beleza para a nossa formosa queda d´água, Bico do Ipu. 
Na opinião de muitos ipuenses, já está passando da hora do governo municipal e estadual elaborarem um projeto audacioso no aproveitamento da água da Bica do Ipu, para alguns, isso ainda não foi feito por falta de vontade política, citando como exemplo, a arrojada Adutora que está levando água do Açude Araras para Crateús, construída em pouquíssimo tempo.
No documento protocolado na augusta Casa Legislativa, dia 26 fe março de 2015, a vereadora justifica seu Projeto Indicação, "in loco", diminuição nas despesas com bombeamento e distribuição de água aos usuários, possibilitando assim, investimentos nos equipamentos e na melhoria dos serviços prestados pela Autarquia Municipal SAAE, trajento mais saúde e bem-estar à população ipuense que passará a usufruir de uma água mais pura. Segue abaixo o documento na sua íntegra.